Thunder's Place

The big penis and mens' sexual health source, increasing penis size around the world.

Tira dúvidas para falantes de galego-português

Originally Posted by huger
Primeiramente muitissimo obrigado pela atenção. To analisando sua resposta aqui. Segue algumas perguntas:

Essas dosagens de grama de proteina e UIS de vitamina seriam diarias? Se puder envia também o conteudo q vc diz que os caras fizeram com a bomba e bitamina D, achei interessante. E por ultimo, a dosagem do MSM qual seria aproximadamente?

Olá boa noite!

A questão da proteína, é o recomendado pela OMS, no mínimo 0,8 gramas por peso corporal. e sim é por dia, o certo seria você consultar a um nutricionista para ver se você está ingerindo a proteina, carboidrato e gordura na medida correta, pois cada um dos macros desempenha um papel importante no seu organismo, sendo que quanto mais ajustado os macros para o seu objetivo, mais o seu organismo irá responder tendencioso ao seu resultado.

Caso seja muito leigo e não saiba por onde começar, recomendo você a se medir por esse site.
https://www.portalumami.com.br/2014…cada-nutriente/

E para contar os macros dos alimentos corretamente, te recomendo esse site:
https://cuidai.com.br/alimentacao/busca-de-alimentos

Conjuntamente, disse para também ler a teoria TGC, que tenta elucidar um possível estancamento do crescimento pelo foco em um tipo de estímulo sem analisar outras variáveis.
Focus Your PE and Gain! TGC Theory

A respeito da vitamina, aconselho a tomar cuidado e seguir uma orientação médica profissional, o SUS costuma ter um atendimento de prevenção excelente, conheça uma unidade onde possa se consultar com um médico clinico geral para conhecer o seu atual estado de saúde a partir de exames de sangue, fezes e urina.Se possível, verifique com um médico urologista para analisar se você não tem varicocele, isso pode impedir os ganhos também.

Dito isso, passarei o link aqui do thundersplace que correlaciona a vitamina D3 e k2 a ganhos no comprimento, porém, a quantidade listada é muito acima do recomendado e não recomendo ser utilizada, o estudo só demonstrou que de alguma forma a vitamina pode influenciar de alguma forma nos resultados, sendo assim, se tomar uma dose que não afetará os seus órgãos seria o mais indicado.
Estudio: Vitamina D para aumentar largo y grosor

A respeito das quantidades, o recomendado seriam 10 mil UIS diárias, sendo que elas poderiam ser conseguidas através de 15 minutos de banho de sol diariamente, deve-se tomar em conta essa atividade para que não tenha sobrecarga nos rins. Muitos médicos dizem que 10 mil UIS manipulados e mais o conseguido pelo banho de sol podem ser muitos e outros consideram algo normal, acredito que isso deve ser analisado com seu médico.

E sobre o MSM, ele não tem nenhum estudo sério correlacionando ele ao crescimento peniano ou muscular, porém, ele é um agente responsável pela elasticidade dos tecidos e também é um bom regulador de humor, talvez fosse bom inserir isso na sua dieta além de ser algo relativamente acessível. A quantidade normal de MSM é de 500mg por dia.

E como adendo, se quiser aumentar o nível de GH também no dia, se puder inserir GABA 400mg antes de dormir seria interessante.

Agora como alerta, cabe ressaltar procure um profissional de saúde, no SUS o prognóstico de prevenção é relativamente bom e o resultado sai com no máximo 60 dias, tire seu cartão do SUS e procure uma unidade mais perto da sua casa, espero ter ajudado.

Olá, Huger, o amigo Kattos já distribuiu de forma muito competente várias informações valiosas. É importante mudar a rotina se caso não tiver ganhos, mas sempre cuidando os índices fisiológicos. Assim aos poucos conhecerá teu pênis e saberá o que ele pode e o que não pode. E nesse momento, deixe seu treino o mais simples possível. Foque no calor e jelq com 80% de ereção.

Sobre o extensor, acredito que as horas que está usando são insuficientes. Sou usuário de extensor a pouco tempo e percebi algo novo sobre a posição dele no pênis: se coloco para baixo durante várias horas não consigo usar tração suficiente que a glande esfria, e se afrouxo o laço tenho que baixar a tração. Percebi que colocando para cima consigo aumentar bem mais a tração, a glande não esfria mesmo eu apertando um pouco mais o laço e minhas ereções ficam muito melhores.

Sobre suplementos, 3 a 5 g de L-Arginina também ajudam muito na reparação dos tecidos, pode ajudar no aumento de liberação do GH, além de aumentar o óxido nítrico, o que ajuda aumentar o calibre dos vasos sanguíneos e, consequentemente, a melhorar as ereções. Saudações e bons ganhos.

Boa noite, amigos. Tive alguns problemas no ínicio dos exercicios para novato, uma vez que meu pênis ficou mais escuro e uns 4cm da base deu uma descolorada, permanecendo mais branco. Creio que eu também devo ter feito uma enorme pressão para ter ficado assim, até melhorou um pouco, mas ainda sim é possível notar a diferença. Estou pensando em retornar novamente, mas agora com um aparelho parecido com um rolo para jelqs. Também crendo que isso trará uniformidade ao meu garoto rsrs. Vocês me indicariam isso?

Pensei nesse aparelho ou então retornar com os exercicios DRY JELQ em alça C, retirando então o aperto ok. Acredito que isso tenha sido o motivo da minha descoloração. Como falei, não importo dele está um pouco mais escuro. O que me incomoda é não ser uniforme. Espero que tenham entendido o que quis dizer. Fico no aguardo para sugestões a respeito disso, uma vez que desejo voltar com os exercicios.

Eu já experimentei muita arginina e citrulina, desde a mais simples l-arginina/l-citrulina em pílulas até a AAKG em pó e citrulina-malato. Não notei muita diferença, de forma geral.

O que deu diferença foi o suco de beterraba. Por um tempo eu acompanhava os artigos de nutrição e o suco de beterraba se mostrou mais eficaz (e mais barato) em manipular o NO2. Citruna-malato vem logo depois.

Arginina mostrou efeito somente naqueles que injetaram aproximadamente 30g de arginina… e não foi significativo.

Voltando pro suco de beterraba. As veias, de forma geral, deram uma aumentada. Foi mais notável nos ante-braços. Isso diz que alguma coisa o suco ajudou.

Mas é uma faca de dois gumes. A beterraba tem uma substância que aumenta as chances de desenvolver pedra no rim e foi por isso que não tomo mais o suco.


Start 6.8” x 4.7” (4.9" BEG)

Latest 8.2” x 5.1” (5.3" BEG)

My pictures

Originally Posted by adrian_1000
Estou pensando em retornar novamente, mas agora com um aparelho parecido com um rolo para jelqs. Também crendo que isso trará uniformidade ao meu garoto rsrs. Vocês me indicariam isso?


Eu nunca tive um rolo para jelq, então não posso dizer a respeito.

O que foi relatado referente ao rolo para jelq é a inconsistência da pressão que o equipamento fornece e o fato dessa pressão ser aplicada de forma muito limitada.

Com as mãos, todos esses problema podem ser corrigidos. O controle da intensidade pode ser ajustado facilmente e a pressão é aplicada exatamente da forma planejada.


Start 6.8” x 4.7” (4.9" BEG)

Latest 8.2” x 5.1” (5.3" BEG)

My pictures

Originally Posted by Lenny
Eu nunca tive um rolo para jelq, então não posso dizer a respeito.

O que foi relatado referente ao rolo para jelq é a inconsistência da pressão que o equipamento fornece e o fato dessa pressão ser aplicada de forma muito limitada.

Com as mãos, todos esses problema podem ser corrigidos. O controle da intensidade pode ser ajustado facilmente e a pressão é aplicada exatamente da forma planejada.

Lenny, mas nesse caso então você sugere que eu volte com um aperto menos intenso? Outra dúvida, o fato de eu não fazer o JELQ com o aperto ok, pode influênciar? Vi que tem outras maneiras sem ser em aperto ok. Também gostaria de saber se você sabe de algum produto para escurecimento e se fez efeito. Abraço.

Eu sugiro que você continue usando as mãos para fazer o jelq e encontre a intensidade ideal para obter ganhos. Como estamos lidando com o corpo humano, cada corpo é uma reação. Ninguém além de você saberá dizer a intensidade que deverá ser utilizada.

O aperto OK engloba todo o pênis e sempre foi o mais indicado. Tem o aperto U, onde a pessoa fazer a pressão nas laterais do pênis, deixando a parte inferior aberta.

Eu uso o aperto U porque tenho muita pele na parte inferior do pênis, mais conhecido como turkey neck. Se não fosse por isso, faria o aperto OK.

Antes mesmo de entrar no PE eu já sofria com escurecimento peniano. Com o PE ficou um pouco mais escuro porém isso não me incomoda no momento. Se você sofre com isso e quer solução, a melhor opção é se consultar com um urologista. Os tratamentos mais eficientes são aplicações tópicas de ácidos, vendidos apenas com prescrição médica.

Para se prevenir do escurecimento eu tentaria o firegoat rolls. Tem um tópico tratando somente sobre esse assunto.


Start 6.8” x 4.7” (4.9" BEG)

Latest 8.2” x 5.1” (5.3" BEG)

My pictures

Originally Posted by R. Kelevra

Sobre o extensor, acredito que as horas que está usando são insuficientes. Sou usuário de extensor a pouco tempo e percebi algo novo sobre a posição dele no pênis: se coloco para baixo durante várias horas não consigo usar tração suficiente que a glande esfria, e se afrouxo o laço tenho que baixar a tração. Percebi que colocando para cima consigo aumentar bem mais a tração, a glande não esfria mesmo eu apertando um pouco mais o laço e minhas ereções ficam muito melhores.

Boa noite! Vou dar a minha opinião sobre o extensor. Utilizei extensor a algum tempo atrás (2008) e sem ganhos e principalmente sem informações agora ando pesquisando muito para descobrir sobre meus erros, e sinceramente, não creio que sejam somente as horas.

Pois como muitos utilizadores de extensor, acreditam que 1000 horas de uso de extensor equivalem a aproximadamente 1cm de ganho. (Particularmente, é muito esforço para o ganho, só quem usa sabe de fato como é penoso o uso).

Só exemplificando, se o usuário utilizar o método alemão (8 horas constantes = 45 uso contínuo + 15 de descanso), equivale a 6 horas de uso do extensor, chegará as mil horas em aproximadamente 180 dias de uso, porém se fosse somente o fator horas o ganho seria praticamente certo não?

Porém, recentemente comprei 2 extensores, proextender importado e o tensorprime metal fabricada pela tensordin nacional, ambos muito baratos, e em ambos eu encontrei alguns problemas, como desconforto total do primeiro e fragilidade nas peças no segundo.

E não somente isso, notei uma diferença clara entre os dois aparelhos foi a pressão exercida, o proextender tem uma pressão na mola muito maior do que o tensorprime o que me fez perceber que no uso a diferença de força distribuída no pênis era claramente diferente, o que me fez questionar: Qual a força mínima o corpo peniano deve sofrer para que tenha uma mudança?

Pesquisando um pouco, vejo o conceito do PPM:
Pound Per Minute Theory PPM

Essa teoria diz (em síntese) que você deve exercer uma pressão de aproximadamente 1 libra (em média 453g) por cada minuto do dia.

Contudo, vamos agora fazer as contas de acordo com o usuário acima que utiliza em seu dia 6 horas de extensor:
1 dia = 24 horas x 60 minutos = 1440 minutos no total do dia
6 horas de uso x 60 minutos = 360 minutos de uso diário do extensor
Distribuição da libras no dia: 1440 libras de peso diário / 360 minutos de uso de extensor = 4 libras de tração
Fazendo as contas: 4 libras x 453g = 1.812 gramas de força

Agora a pergunta é: O extensor que o usuário está utilizando, tem uma tração de 1.812 gramas de força?

Honestamente falando, nenhum dos 2 que eu comprei creio que não possua a força de tração exercida nem como mensurar no proprio aparelho, ou seja, talvez não seja somente o tempo de uso do aparelho por si e sim envolva mais variáveis, como por exemplo o modelo do aparelho em si, tração máxima útil, tempo de utilização, aquecimento entre os tempos de descanso entre outras variáveis o que torna tudo muito mais complexo.

E sobre a sua forma de utilizar o extensor, creio que duas coisas devem ser levadas em consideração:
A primeira é que seria importante observar qual é o seu LOT, se for de 6 ou 7 é interessante a utilização para cima.
Bib’s LOT Theory

A segunda é que quando você está utilizando o aparelho para cima a gravidade+peso do aparelho+ peso do pênis exercem força na mola do aparelho diminuindo muito a força que deveria ser distribuída para o pênis, isso que você acredita que esteja facilitando a utilização (o que de fato faz) diminui também a pressão exercida no pênis e como vimos acima a pressão deve ser um fator a se levar em conta.

E ademais, deixo a você um tópico sobre os indicadores fisiológicos e tomar cuidado com o esfriamento da glande, é comum mas informações nunca é demais:
EXTENSORES; Solución de Comodidad, IFs, Seguridad y Efectividad

Espero ter sido útil e te desejo bons ganhos.

Originally Posted by adrian_1000
Boa noite, amigos. Tive alguns problemas no ínicio dos exercicios para novato, uma vez que meu pênis ficou mais escuro e uns 4cm da base deu uma descolorada, permanecendo mais branco. Creio que eu também devo ter feito uma enorme pressão para ter ficado assim, até melhorou um pouco, mas ainda sim é possível notar a diferença. Estou pensando em retornar novamente, mas agora com um aparelho parecido com um rolo para jelqs. Também crendo que isso trará uniformidade ao meu garoto rsrs. Vocês me indicariam isso?

Boa noite!Eu tenho um aparelho de jelq de rolos, porém o meu é um vermelho como o primeiro jelq device, a minha versão é dos 2 rolos móveis, existem outros modelos de aparelho como o power jelq, esse eu não conheço e não tenho como opinar.
Devo dizer que o aparelho faz um trabalho de pressão média, por mais que você faça força o metal acaba cedendo o que faz a força ser relativamente uniforme, talvez ideal para quem está começando e quer evitar lesões.

Particularmente eu sinto que ele é muito eficiente para jelqs em baixa ereção com aproximadamente 40% a 70% de ereção e o estímulo para o jelq é diferente, considero ele mais como mais um “tipo” de jelq do que um aparelho propriamente dito.

Como mencionou o Lenny, ele tem a desvantagem de não pegar bem nas laterais, visto que o aparelho tem somente 6cm de largura, se a sua ereção for de 70% ou superior o aparelho não conseguirá realizar a compressão nas laterais.

Sendo assim, não recomendaria substituir o jelq pelo aparelho e sim se realizar o exercício com o aparelho e outras variáveis do jelq.

Sobre a cor do pênis e o jelq, eu recomendaria você a tentar realizar o jelq a seco, talvez seja o menos nocivo a pele do pênis.

Agora cá entre nós, quando comecei em 2007, sou caucasiano e a minha glande é rosa, o corpo do meu pênis era branco e infelizmente hoje ele está muito mais escuro do que a minha pele, creio eu que por fazer o jelq molhado e principalmente utilizar a bomba peniana. Honestamente, eu levaria a modificação da cor como um “preço” dos exercícios e não me incomodaria muito, posteriormente quando alcançar seus objetivos finais, você pode tratar e conseguir a cor novamente.

Espero ter ajudado e bons ganhos.

Olá, Kattos, agradeço a contribuição. Na realidade, não quis dizer que seria somente as horas que fariam a diferença entre o crescimento ou não do pênis. Concordo que são vários fatores, inclusive a genética. E, pode ter certeza que li e reli inúmeros tópicos de usuários de extensores no fórum e fica claro que para alguns uma tração maior é vantajoso em ganhos e outros seria justamente o contrário.

Coloco a tração num nível em que a sinto puxar o pênis e o desconforto comece apenas após uma hora ou uma hora e meia. Mas acredito que uma combinação entre uma boa tração (repito, teste para ver como seu pênis reage) e um número mínimo de horas, penso em pelo menos 6 horas diárias de uso seriam um caminho a seguir. A observação dos índices fisiológicos são imprescindíveis ao meu ver, foi assim que consegui meus ganhos com jelq anos atrás e com o extensor não vejo o porquê seria diferente.

Se percebo que meu pênis fica exausto utilizando para baixo (ereções não muito rígidas) e sem conseguir colocar muita tração, como disse, não me adiantaria seguir nessa direção. Ao colocar para cima consigo aumentar muito mais a tração, sinto o pênis cansado após as 8, 9 horas diárias de uso, mas as ereções continuam boas e não cim aspecto de “borracha”, se é que me entende. Por gentileza, relate como foi seu uso com extensor em 2008 e o que acredita que possa ter contribuído para a falta de ganhos. Continuamos o debate. Saudações e bons ganhos.

Originally Posted by R. Kelevra
Olá, Kattos, agradeço a contribuição. Na realidade, não quis dizer que seria somente as horas que fariam a diferença entre o crescimento ou não do pênis. Concordo que são vários fatores, inclusive a genética. E, pode ter certeza que li e reli inúmeros tópicos de usuários de extensores no fórum e fica claro que para alguns uma tração maior é vantajoso em ganhos e outros seria justamente o contrário.
Coloco a tração num nível em que a sinto puxar o pênis e o desconforto comece apenas após uma hora ou uma hora e meia. Mas acredito que uma combinação entre uma boa tração (repito, teste para ver como seu pênis reage) e um número mínimo de horas, penso em pelo menos 6 horas diárias de uso seriam um caminho a seguir. A observação dos índices fisiológicos são imprescindíveis ao meu ver, foi assim que consegui meus ganhos com jelq anos atrás e com o extensor não vejo o porquê seria diferente.
Se percebo que meu pênis fica exausto utilizando para baixo (ereções não muito rígidas) e sem conseguir colocar muita tração, como disse, não me adiantaria seguir nessa direção. Ao colocar para cima consigo aumentar muito mais a tração, sinto o pênis cansado após as 8, 9 horas diárias de uso, mas as ereções continuam boas e não cim aspecto de “borracha”, se é que me entende. Por gentileza, relate como foi seu uso com extensor em 2008 e o que acredita que possa ter contribuído para a falta de ganhos. Continuamos o debate. Saudações e bons ganhos.

Boa tarde, Kelevra!
Comecei o jelq em 2007 com meus 17 anos e na pressa de um adolescente de conseguir ganhos, fiz demasiados exercícios e provavelmente deu overtraining, com a mídia e a minha professora de biologia dizendo que não funcionava acabei me deixando levar. Até que entrei em um sexshop e um vendedor disse que o único que fazia crescer era o extensor, na época a loja estava cobrando R$600,00 reais por um extensor (quase 2 vezes o salário mínimo da época), não comprei naquele momento, porém no ano seguinte, com 18 anos, meu primeiro salário fui em um sexshop online e achei por R$399,00 e o comprei.

Honestamente falando, em 2008, não sabia como colocar, colocava o pênis sem proteção nenhuma na glande, ele ficava torto pois não tinha muita habilidades para conseguir utilizar, escapava algumas vezes além do que eu não conseguia colocar uma pressão adequada por estar mal posicionado.
Com o passar do tempo, fiz minha primeira gambiarra, cortei a gola de uma roupa e fiz um garrote com o tecido antes da glande, o que fazia com que o cordão de silicone não fosse usado diretamente na pele e me deixasse um agarre melhor para introduzir no aparelho.

Nesse tempo, utilizei o aparelho por 2 horas direto horas e descansava outros 40 minutos, sem o uso de jelq e utilizava quando acordava em média as 8 horas até o horário de ir para a faculdade as 18 horas. O que dava em média umas 8 horas de utilização, e como acreditava no que dizia o papel que estava contido no extensor, pensei que ganharia 2 a 3 cm em 6 meses de uso.

Nessa mesma época, acompanhava uma comunidade de faloculturismo no falecido orkut, que tinha muitas pessoas comentando, algumas desesperadas e outras que fantasiavam ganhos astronomicos. Lembro que nessa época, ficava medindo meu pênis de semana a semana e não via progresso algum, e o que piorou foi um caso de um usuário na casa dos 38 anos que alegava ter um pênis de 10 cm ereto e que já utilizava o extensor há quase 2 anos e sem ganhos e considerava o extensor como sendo sua última esperança, depois desta feita, fiquei mais descrente do que nunca que nada disso funcionaria. Já tinha passado mais de 5 meses de uso do extensor e não vi nenhuma mudança em comprimento.

De tempos em tempos, sempre tentava voltar com o extensor, isso foi em 2009, 2010 e a última em 2014, voltava sempre mais por impeto e por tirar o aparelho da gaveta mesmo.

E sendo honesto: Não ganhei nada com o extensor, e até hoje não sei bem o motivo do porque. Eu posso listar alguns, tais como:
Alimentação, não utlilizar aquecimento, horas insuficientes, tensão insuficiente ou até mesmo não estimular outras áreas do pênis.

Essa última, deixe-me explicar: O extensor tem como princípio a tração contínua contida na biomecânica para promover uma multiplicação das células atraves da mitose, até aí tudo bem, temos vários estudos que comprovam que isso de fato ocorre e eu acredito nesse estudo completamente, porém uma teoría me fez entender que talvez algo no pênis possa parar de ocorrer essas mudanças.

Uma teoria que me chamou atenção muito foi a teoria TGC, deixarei o link para leitura.
ESTANCAMIENTO 2 la teoria TGC

Em resumo, para demonstrar as questões a teoria TGC coloca em evidência duas partes do pênis a túnica e o músculo liso, e tenta demonstrar que o corpo peniano necessita dos 2 desenvolvendo em conjunto para que o pênis também cresça.

A grande questão que eu vi utilizando o extensor foi que em tese o corpo peniano é extendido e tanto a túnica quanto o músculo liso é extendido, porém a túnica é mais beneficiada nesse processo, assim como também ocorre quando fazemos exercícios de alongamento manual favorece mais a túnica do que a musculatura lisa e exercícios com ereções maiores, como por exemplo jelq com ereções entre 70% a 90% e bomba peniana, favorecem a musculatura lisa.

E como você pode verificar no link que está disponibilizado acima, o músculo liso que está contino no pênis, é responsável por determinar o tamanho, a forma e a dureza do pênis assim como a qualidade das ereções.

Muitas pessoas quando fazem o uso de exercícios ou aparelhos que tem foco em comprimento (extensores e hangers), ambos relatam o mesmo que você, que o pênis não tem a mesma qualidade de ereção e até hoje não sei determinar se o que ocorre de fato é a exaustão peniana ou a proporção túnica x musculo liso quem diminuiu e com isso a própria qualidade da ereção diminuiu por esse fator ou no pior dos casos, ambas situações.

Sendo assim, não sei se na melhor das hipóteses para conseguir os ganhos proporcionais, deve ser feito o uso do extensor peniano conjuntamente com jelq, bomba peniana ou clamping para conseguir trabalhar a túnica e a musculatura lisa ao mesmo tempo, e se esse for o caso, muitos relatam que tanto no extensor quanto no hanging o ideal é não fazer dias de descanso, porém, o jelq a bomba e o clamping se aconselham ter dias de descanso, e nesse caso, se for feita uma junção dos exercícios, deve-se ou não fazer dias de descanso? Neste caso, eu mesmo não sei.

Levando em consideração o acima relatado, muitos dizem que somente o extensor peniano, hanger ou alongamentos manuais foram o suficiente para conseguir ganhos, porém na minha concepção, não é um caso de genética ou tendência a ter ganhos, e sim a proporção maior de musculatura lisa para a própria túnica e também o LOT ser maior que 7.

Expondo o meu pensamento, a minha infelicidade é que, na época que fui mais assíduo com o uso do extensor, utilizava ele por um período maior que 1 hora, na minha opinião esse método deixa a glande com uma coloração escura e glande fria não permitindo uma tensão grande por muito tempo, deveria ter utilizado o método de 45m usando e 15m off esquentando e massageando para voltar o sangue a musculatura.

Segunda coisa para minha infelicidade, quando comecei em 2007 a fazer jelq, o fiz sem fazer o aquecimento necessário e além disso fazia com ereção baixa, porque vi no manual que ereções baixas tenderiam a fazer ganhar em comprimento e como consequência, ganhei muita pele e não trabalhei minha musculatura lisa, minhas ereções não ficaram mais fortes e sim fortes como algo normal para um jovem de 17 anos.

Em consequência a isso, quando em 2008 comecei a usar o extensor, não tinha uma proporção de musculatura lisa muito maior para empurrar os meus ganhos, e sendo assim, ajudaram na falta de ganhos.

O que ainda posso colocar como adicional para a falta de ganhos, nessa época de 2008, eu não praticava esportes e nem tampouco fazia caminhadas ou corridas, e também não prestava atenção no principal macro nutriente, a proteína.

Em resumo, a proteína trabalha como um construtor muscular, naquela época tenho quase certeza que não consumia a quantidade necessária de proteína que meu corpo necessitava e nos períodos normais de catabolismo do corpo durante o dia (alguns estudiosos dizem que são aproximadamente 14 períodos), o corpo quebra mais facilmente as fibras musculares e impede que outras sejam criadas, o que fez com que em tese meu corpo não tinha aminoácidos necessários para construir a musculatura lisa peniana.

Por último, quando ano passado fui ler a teoria do bibs do LOT, descobri que meu LOT era de 6 horas o que me deixou realmente muito triste, pois todo o tempo somente utilizava o extensor para baixo já que o meu extensor era de hastes.

Infelizmente joguei meu extensor fora o de 2008, e comprei 2 novos (ambos inferiores ao daquela época), na verdade, queria comprar o bibs hanger, porém o dolar está muito caro e está fora de cogitação realizar a compra neste momento. Pretendo no inicio do ano que vem introduzir o extensor em uma nova rotina e no momento estou estudando qual é a melhor forma de fazê-lo.

E para continuarmos a discussão, gostaria que se possível você contasse um pouco mais sobre sua experiência:
Qual o modelo de extensor que você utiliza?
Tem tido ganhos com o extensor?
Há quanto tempo utiliza?
Qual é o seu método de utilização do extensor? (Tempo usando x tempo de descanso)
Como realiza a contagem de tempo do aparelho? (planilha, dias, aleatório…)
Faz dias de descanso ou utiliza de maneira ininterrupta?
Utiliza aquecimento ou massagem entre as sessões?

Desde já agradeço e bons ganhos.

Originally Posted by kattos makkal
Boa tarde, Kelevra!
Comecei o jelq em 2007 com meus 17 anos e na pressa de um adolescente de conseguir ganhos, fiz demasiados exercícios e provavelmente deu overtraining, com a mídia e a minha professora de biologia dizendo que não funcionava acabei me deixando levar. Até que entrei em um sexshop e um vendedor disse que o único que fazia crescer era o extensor, na época a loja estava cobrando R$600,00 reais por um extensor (quase 2 vezes o salário mínimo da época), não comprei naquele momento, porém no ano seguinte, com 18 anos, meu primeiro salário fui em um sexshop online e achei por R$399,00 e o comprei.

Honestamente falando, em 2008, não sabia como colocar, colocava o pênis sem proteção nenhuma na glande, ele ficava torto pois não tinha muita habilidades para conseguir utilizar, escapava algumas vezes além do que eu não conseguia colocar uma pressão adequada por estar mal posicionado.
Com o passar do tempo, fiz minha primeira gambiarra, cortei a gola de uma roupa e fiz um garrote com o tecido antes da glande, o que fazia com que o cordão de silicone não fosse usado diretamente na pele e me deixasse um agarre melhor para introduzir no aparelho.

Nesse tempo, utilizei o aparelho por 2 horas direto horas e descansava outros 40 minutos, sem o uso de jelq e utilizava quando acordava em média as 8 horas até o horário de ir para a faculdade as 18 horas. O que dava em média umas 8 horas de utilização, e como acreditava no que dizia o papel que estava contido no extensor, pensei que ganharia 2 a 3 cm em 6 meses de uso.

Nessa mesma época, acompanhava uma comunidade de faloculturismo no falecido orkut, que tinha muitas pessoas comentando, algumas desesperadas e outras que fantasiavam ganhos astronomicos. Lembro que nessa época, ficava medindo meu pênis de semana a semana e não via progresso algum, e o que piorou foi um caso de um usuário na casa dos 38 anos que alegava ter um pênis de 10 cm ereto e que já utilizava o extensor há quase 2 anos e sem ganhos e considerava o extensor como sendo sua última esperança, depois desta feita, fiquei mais descrente do que nunca que nada disso funcionaria. Já tinha passado mais de 5 meses de uso do extensor e não vi nenhuma mudança em comprimento.

De tempos em tempos, sempre tentava voltar com o extensor, isso foi em 2009, 2010 e a última em 2014, voltava sempre mais por impeto e por tirar o aparelho da gaveta mesmo.

E sendo honesto: Não ganhei nada com o extensor, e até hoje não sei bem o motivo do porque. Eu posso listar alguns, tais como:
Alimentação, não utlilizar aquecimento, horas insuficientes, tensão insuficiente ou até mesmo não estimular outras áreas do pênis.

Essa última, deixe-me explicar: O extensor tem como princípio a tração contínua contida na biomecânica para promover uma multiplicação das células atraves da mitose, até aí tudo bem, temos vários estudos que comprovam que isso de fato ocorre e eu acredito nesse estudo completamente, porém uma teoría me fez entender que talvez algo no pênis possa parar de ocorrer essas mudanças.

Uma teoria que me chamou atenção muito foi a teoria TGC, deixarei o link para leitura.
ESTANCAMIENTO 2 la teoria TGC

Em resumo, para demonstrar as questões a teoria TGC coloca em evidência duas partes do pênis a túnica e o músculo liso, e tenta demonstrar que o corpo peniano necessita dos 2 desenvolvendo em conjunto para que o pênis também cresça.

A grande questão que eu vi utilizando o extensor foi que em tese o corpo peniano é extendido e tanto a túnica quanto o músculo liso é extendido, porém a túnica é mais beneficiada nesse processo, assim como também ocorre quando fazemos exercícios de alongamento manual favorece mais a túnica do que a musculatura lisa e exercícios com ereções maiores, como por exemplo jelq com ereções entre 70% a 90% e bomba peniana, favorecem a musculatura lisa.

E como você pode verificar no link que está disponibilizado acima, o músculo liso que está contino no pênis, é responsável por determinar o tamanho, a forma e a dureza do pênis assim como a qualidade das ereções.

Muitas pessoas quando fazem o uso de exercícios ou aparelhos que tem foco em comprimento (extensores e hangers), ambos relatam o mesmo que você, que o pênis não tem a mesma qualidade de ereção e até hoje não sei determinar se o que ocorre de fato é a exaustão peniana ou a proporção túnica x musculo liso quem diminuiu e com isso a própria qualidade da ereção diminuiu por esse fator ou no pior dos casos, ambas situações.

Sendo assim, não sei se na melhor das hipóteses para conseguir os ganhos proporcionais, deve ser feito o uso do extensor peniano conjuntamente com jelq, bomba peniana ou clamping para conseguir trabalhar a túnica e a musculatura lisa ao mesmo tempo, e se esse for o caso, muitos relatam que tanto no extensor quanto no hanging o ideal é não fazer dias de descanso, porém, o jelq a bomba e o clamping se aconselham ter dias de descanso, e nesse caso, se for feita uma junção dos exercícios, deve-se ou não fazer dias de descanso? Neste caso, eu mesmo não sei.

Levando em consideração o acima relatado, muitos dizem que somente o extensor peniano, hanger ou alongamentos manuais foram o suficiente para conseguir ganhos, porém na minha concepção, não é um caso de genética ou tendência a ter ganhos, e sim a proporção maior de musculatura lisa para a própria túnica e também o LOT ser maior que 7.

Expondo o meu pensamento, a minha infelicidade é que, na época que fui mais assíduo com o uso do extensor, utilizava ele por um período maior que 1 hora, na minha opinião esse método deixa a glande com uma coloração escura e glande fria não permitindo uma tensão grande por muito tempo, deveria ter utilizado o método de 45m usando e 15m off esquentando e massageando para voltar o sangue a musculatura.

Segunda coisa para minha infelicidade, quando comecei em 2007 a fazer jelq, o fiz sem fazer o aquecimento necessário e além disso fazia com ereção baixa, porque vi no manual que ereções baixas tenderiam a fazer ganhar em comprimento e como consequência, ganhei muita pele e não trabalhei minha musculatura lisa, minhas ereções não ficaram mais fortes e sim fortes como algo normal para um jovem de 17 anos.

Em consequência a isso, quando em 2008 comecei a usar o extensor, não tinha uma proporção de musculatura lisa muito maior para empurrar os meus ganhos, e sendo assim, ajudaram na falta de ganhos.

O que ainda posso colocar como adicional para a falta de ganhos, nessa época de 2008, eu não praticava esportes e nem tampouco fazia caminhadas ou corridas, e também não prestava atenção no principal macro nutriente, a proteína.

Em resumo, a proteína trabalha como um construtor muscular, naquela época tenho quase certeza que não consumia a quantidade necessária de proteína que meu corpo necessitava e nos períodos normais de catabolismo do corpo durante o dia (alguns estudiosos dizem que são aproximadamente 14 períodos), o corpo quebra mais facilmente as fibras musculares e impede que outras sejam criadas, o que fez com que em tese meu corpo não tinha aminoácidos necessários para construir a musculatura lisa peniana.

Por último, quando ano passado fui ler a teoria do bibs do LOT, descobri que meu LOT era de 6 horas o que me deixou realmente muito triste, pois todo o tempo somente utilizava o extensor para baixo já que o meu extensor era de hastes.

Infelizmente joguei meu extensor fora o de 2008, e comprei 2 novos (ambos inferiores ao daquela época), na verdade, queria comprar o bibs hanger, porém o dolar está muito caro e está fora de cogitação realizar a compra neste momento. Pretendo no inicio do ano que vem introduzir o extensor em uma nova rotina e no momento estou estudando qual é a melhor forma de fazê-lo.

E para continuarmos a discussão, gostaria que se possível você contasse um pouco mais sobre sua experiência:
Qual o modelo de extensor que você utiliza?
Tem tido ganhos com o extensor?
Há quanto tempo utiliza?
Qual é o seu método de utilização do extensor? (Tempo usando x tempo de descanso)
Como realiza a contagem de tempo do aparelho? (planilha, dias, aleatório…)
Faz dias de descanso ou utiliza de maneira ininterrupta?
Utiliza aquecimento ou massagem entre as sessões?

Desde já agradeço e bons ganhos.


Boa noite, amigo, vejo que você é curioso como eu e gosta de estudar os métodos. Sobre suas perguntas: Só para esclarecer, fiz jelqs com consistência bem nessa época em que tentou utilizar o extensor. Tive um ganho de 1,5 cm no comprimento, durante aquele ano. Tinha 20 anos na época, talvez tivesse mais ganhos caso não namorasse praticamente uma ninfomaníaca que gostava de transar todos os dias. Não que eu esteja reclamando, mas que o excesso de ejaculação pode ter prejudicado, talvez em parte, os resultados. Após isso estagnei nos ganhos, mudei rotina, mas como não vi mudanças continuei fazendo somente duas vezes por semana para manter os ganhos. Hoje, por algum motivo, o jelq não me faz tão bem como antes, infelizmente, talvez porque tenha forçado demais numa época. Coisa de jovem. É importante dizer que não perdi meus ganhos, cheguei a 17,3 cm pressionado na régua e essa é minha medida atual.
Dito isso, resolvi utilizar o extensor para tentar ter um ganho maior, mantendo obviamente a qualidade da ereção (ao meu ver isso é mais importante que ser um jumento que tem um pênis “a meia bomba”). Estou utilizando o tensordin black, porque um blogueiro -faloculturismo e desenvolvimento pessoal - utilizou o mesmo e relatou ganhos. Estou utilizando desde início de março, mas inicialmente como disse utilizava para baixo e foi aumentando bem gradualmente a tração. Mesmo numa tração não muito grande comecei a sentir esse efeito “borracha” no pênis, o que me fez desconfiar que isso não me faria ter ganhos e muito menos poder transar bem. Então, após ler muito o fórum (muitas e muitas horas) e relatos de pessoas que utilizaram o extensor, resolvi mudar a posição para cima. Percebi que dessa forma o pênis fica mais oxigenado, a glande se mantém quente mesmo aumentando a tração e isso me mantém motivado a seguir. As boas ereções me guiam nesse sentido. Essa mudança foi agora há uma semana. Antes eu tinha que descansar pelo menos um dia. Agora estou utilizando ele todos os dias, me masturbo uma vez por semana ou transo uma vez por semana, no máximo, e é somente no dia que vou transar que não o utilizo. Minha meta diária é 8 horas, no mínimo, tentarei aumentar para 10 hs. Trabalho sentado e isso facilita. No dia seguinte que ejaculo geralmente utilizo 6 horas. Como tenho isso fixo, fica fácil para controle. Tenho anotado os dias que mudam essa rotina ou que aumento a tração ou adiciono peças. Sobre aquecimento, faço sempre antes de colocar o extensor e um pouco de alongamento com as mãos. Pausas de cinco minutos após 1:30 hs ou 2 hs de uso devido ao desconforto ou para mijar. Geralmente tenho uma ereção para oxigenar bem o pênis. Quando irei retirá-lo faço o mesmo, ereção durante 5 minutos e fazendo kegels para jogar o máximo de sangue. Minhas ereções estão ótimas, apesar de sentir o pênis um pouco cansado devido as horas trabalhadas. Faço 3 vezes por semana edging durante 15 minutos para trabalhar a ejaculação, e nos outros dias apenas 5 minutos.
Fora isso, estou em forma devido à academia 3 vezes por semana. Corro uma vez por semana. Alimentação sem frituras, dois gramas de proteína por kg, mais frangos e ovos. Uma colherada de sopa de azeite de oliva, salada, legumes, feijão, arroz e aveia. Um copo de leite por dia. Evito bebidas, tomo muita água. Estou utilizando 4 gramas de L-Arginina por dia, maca peruana e zma, já que o zinco aumenta a testosterona livre (e isso é fato porque comprovei em exames). Tento dormir umas 6:30 hs por noite e nos finais de semana umas 9 horas, pelo menos. Faço jejum intermitente e minha taxa de gordura está baixa.
Só para esclarecer que já fazia tudo isso antes de utilizar o extensor, mas acredito que esse estilo de vida possa me ajudar a ter ganhos. Usar extensor muitas horas por dia não é fácil. Tem que possuir muita resistência e se manter motivado, porque exige muito tanto físico quanto psicologicamente. Não tive ganhos em ereção ainda e pretendo usar apenas o extensor por vários meses, sem exercicios de grossura para observar se terei ganhos. Espero ter respondido às questões. Agradeço pelos links, a teoria do Lot do Bib s eu já havia lido, mas essa outra acredito que não. Seguimos. Saudações e bons ganhos.

Kattos, muitissimo obrigado pelas informacoes. Estao sendo muito uteis. Veja, num artigo sobre bombas penianas o autor diz que apenas uma dentre varios modelos de bomba disponiveis no mercado proporcionava a tensao correta. Como seria isso? vc tem experiencia com bombas? que tipo de tracao seria isso e que bombas o fazem?

Deve ser relacionado ao leitor de pressão e aferição, sei lá.

A forma como a bomba peniana funciona é simples. Após a sucção do ar de dentro do cilindro gera-se pressão negativa. Como resposta, o corpo humano bombeará mais sangue e linfa para compensar, resultando na expansão que conhecemos.


Start 6.8” x 4.7” (4.9" BEG)

Latest 8.2” x 5.1” (5.3" BEG)

My pictures

Top

All times are GMT. The time now is 04:04 PM.